terça-feira, 31 de maio de 2016

Venham aqui ao Senhor Ministro, minhas formosuras

Venham, sentem-se aqui à minha volta - se quiserem pode ser mesmo ao meu colo, isso mesmo, ah que confortáveis estamos assim encostadinhos - que o Senhor Ministro é um homem muito macho porém bastante sensível, não é  nada como o Dr. Pipoco, esse mauzão, que diz coisas feias sobre a Elena Ferrante, um despautério, praticamente uma blasfémia, nem queria crer naquilo que os meus olhos azuis estavam a ler. Mas adiante, que aqui o Senhor Ministro até já vai no segundo volume, tal é o interesse que esta situação da amizade no feminino lhe desperta, a Lulu e a outra, sempre a calcorrear lá o bairro, com imensos pobrezinhos (gosto tanto!), todos aos gritos e às facadas. Vá, venham para aqui para junto de mim - pronto, pronto, já chega de beijos - e deixem-no para lá com as suas idiossincrasias.

 

31 comentários:

  1. A amizade nos bairros difíceis de Nápoles é uma coisa tão bonita de se ler.
    A mesma Nápoles de onde saíram mafiosos duros, não tão duros como os sicilianos ou calabreses, mas não deixam de ser mafiosos, caramba! Não devia ser motivo mais que suficiente para o Pipoco adorar os livros da Elena Ferrante?
    :)))))))))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É lindo, lindo, Mirone...

      (e o meu colinho, que tal?)

      Eliminar
    2. ( eeerrrr... Agora que fala nisso, se calhar o Senhor Ministro ia despachar ali para o sofá, todo confortável, e eu ficava com a cadeira só para mim, boa?)

      Eliminar
    3. Ora, Mirone, eu sinto-me bem assim...

      Eliminar
    4. Pois deve sentir, já eu... Sou uma pessoa muito espaçosa, gosto de ter o meu espaço, não sei se me faço entender.

      Eliminar
  2. Ministro! Mas... Mas... Mas o Ministro é gay???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foda-se, lá vem esta merda desta conversa outra vez.

      Se um gajo não gosta da merda do livro um gajo é insensível e vai para a fogueira, se um gajo diz que esta merda é mesmo linda, ó caraças, um gajo é gay. Vá-se lá perceber as mulheres, ó caralho!

      Eliminar
    2. (um gajo a aproveitar um deslize da concorrência e depois é isto...)

      Eliminar
    3. E recordando-se da esmerada educação, recebida na Suiça, retirou o F e o C e disse XIÇA!

      Lamentável sô ministro, que antes do ser já o era e fugiu à escola :)

      Eliminar
    4. Ministro, se fosse só por causa do livro... O problema é que o livro é só a cereja em cima do bolo.
      Mauzão? A sério? Mauzão? Das duas uma, ou o Ministro é gay ou tem para aí uns dez anos.
      (não leve a mal...)

      Eliminar
    5. (a minha filha tens umas amigas giras, quer que lhas apresente?...)

      Eliminar
    6. Deixe que lhe diga, Dra. Mais Picante, que isso que está a fazer é discriminação de palavras com base no seu potencial sexual e nós nos Governo não fazemos isso. "Mauzão" é uma excelente palavra e não deverá ser de nenhum modo marginalizada.

      Eliminar
    7. Dra. Picante, estou escandalizada! Não sei o que é pior, se insinuar que o Senhor Ministro brinca com meninas, se o facto de se oferecer para lhe apresentar as amigas giras da sua filha (a pequena é assim tão feia que não possa ser apresentada ao Senhor Ministro? O Senhor Ministro é corajoso, não se assusta com coisa pouca).

      Eliminar
    8. Ora Maria Alice, não diga tonterias, se o Ministro tem dez anos é muito natural que brinque com meninas dessa idade. Quanto à minha filha, o brinquedo dela é o ginásio, não tem tempo para Ministros, tem de ficar fora da equação.

      Eliminar
    9. Se se assustasse, já a teria despedido Maria Alice?
      ahahahahahah

      Eliminar
    10. Noname, então...? Não seja assim tão ciumenta da Maria Alice...

      Eliminar
    11. Dra. Mais Picante, sente-se aqui ao meu colo, vamos conversar...

      Eliminar
    12. Está com vontade de brincar ao Upa lá lá, com a Dra Picante? Não me parece que ela se convença. Digo eu!

      Eliminar
    13. Ciumes? eu? dum ministro? O menino tá a brincar, num tá?

      Eliminar
    14. Ministro eu estou prestes a entrar numa importante reunião...
      (sabe que o Dr Costa leva muito a sério isso do assédio não sabe? Acho que a culpa é da Engenheira Catarina...)

      Eliminar
    15. Se não fosse isso da reunião certamente que nos íamos entender...

      (É tão engraçada a Catarina, não concorda, Dra. Picante? Sempre tão indignada com tudo, até com as coisas mais naturais como o amor repentino entre um homem e uma mulher...)

      Eliminar
    16. (Tenha muito cuidado com ela, Ministro, muito cuidado! Olhe que ela não passa de uma ambiciosa e perigosa esquerdalha, quer conquistar a AR pela força, não vê como já dá ordens ao Dr Costa?...)

      Uma pena, isso da reunião. Uma lástima.

      Eliminar
    17. Não fique triste, Picante. Havemos de ter uma outra oportunidade...

      Eliminar
    18. Sim, sim, Dra Picante, uma reunião muito importante. Quer que chame o motorista, Dra Picante? Veja lá, não faça o Dr Costa esperar...
      Senhor Ministro, podemos dispensar o motorista para levar a Dra Picante, pois podemos?

      (Ufa! Menos uma de volta do Senhor Ministro. Apre, que desassossego, todas de volta do Senhor Ministro, parece o Bo, cheio de mel)

      Eliminar
  3. Não leve a mal Sr Ministro... É formosura e não formusura, a sua secretária não lhe corrige os erros, substitua-a por outra mais eficiente.

    Parece-me que a Maria Alice anda no mundo dos sonhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um lapso da Maria Alice, que é uma nódoa a dactilografar!

      Eliminar
    2. Logo vi... insista na dactilografia. Aulas todos os dias, depois do horário de expediente. Depois de despachar é hora de toca a despachar.

      Eliminar
  4. nao sei porque, mas quando o tio pipoco escreve e no meio diz para se sentarem ao colo dele eu... odeio. penso sempre nos tarados (o mesmo sucede quando o sr. ministro escreve o mesmo)
    obs: deve ser trauma

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas tem dúvidas? Eu sou um grande tarado, Anónima!

      Eliminar
    2. Já tinha reparado nisso eheheheh

      Eliminar